terça-feira, 14 de dezembro de 2010

A respeito das prendas de Natal

Já que, aparentemente, o que está a dar é mostrar o que queremos para o Natal, para a) facilitar a tarefa a quem nos quer presentear e b) não correr o risco de receber o que não queríamos, vou, então, fazer desta a minha vez.

Eu quero um destes:

OK, OK, já sei o que me vão dizer: "Porque estamos em crise, e isto está difícil, e blá blá blá"... Mas poupem-me!, porque, já a pensar nisso, não faço questão na roupinha que o menino tem -que em caso de frio ou qualquer outra preocupação, prometo agasalhar e tratar bem dele-, e mais!, não sou nada exigente em questão de cor (quanto ao tamanho... já não é bem assim. Mas usem o bom senso, amorzinhos! Não quero um homem mais baixo que eu...)
Sei que parece que restrinjo muito a vossa escolha (possível) por só mostrar aqui uma opção. Nada disso. Primeiro, porque podia por aqui muitas mais fotos, mas às tantas já nem conseguia escrever -o que era problemático, porque ia tornar muito difícil perceber que isto era um post natalício-; segundo, porque pondo muitas, vocês iam-se sentir impelidos a darem-me tudo, e eu... tinha que pensar se podia aceitar...
Como vêem, é fácil fazer-me feliz!

2 comentários:

Caia disse...

Diz-me onde vou arranjar uma coisa dessas...

who's yo' mama?! disse...

Isso já não depende de mim. A minha parte é a de o querer ;)