sexta-feira, 5 de dezembro de 2008

Dezembro é que é o mês do Natal!

Tive uma ideia...
Pronto, lá vem ela outra vez!
Não não!, esta é uma muito boa ideia (como vem sendo meu apanágio...)
Sim, sim...
Hei! Não sejam assim, vá.
Diz lá...
Se é assim por tanto favor, quase que mais valia não dizer!
Ohh... A Bilinha amuada... Cutxi cutxi cutxi...
Estúpidos... Mas pronto, então é assim! Com a chegada do Natal aparecem brinquedos e brinquedos e mais brinquedos. Uns mais atractivos que outros, uns apoiados pela DECO outros nem por isso, uns que são realmente um sucesso, outros que se limitam a ser vendidos, outros que nem merecem o relance de um olhar deslumbrado dum puto. E é para resolver o problema dessas marcas que não conseguem cativar, que apareço eu.
Cá vamos nós...
Shiu! Até ao fim. Aguentem-se até ao fim... Como estava eu a dizer, descobri nos recantos da minha imaginação uma invenção que mudaria drasticamente a venda de brinquedos. Preparados? :D
Que remédio... Chuta...
É o Action Man Bombista -Suicída! Passo a enumerar os prós do dito cujo, já que não preciso de vender a ideia, porque ela vende-se sozinha. 1. É um Action Man, e os miúdos são doidos por eles; 2. Os ditos "homens" são sempre interactivos, tornando a brincadeira mais real; 3. Focando esta ideia, não é difícil perceber que depois de estourarem com o primeiro, iriam querer outro e mais outro e mais outro, num ciclo mais que vicioso, virtuoso, para continuar a desenfreada diversão! 4. Para além de puxarem pela imaginação, que é para o que a bonecada serve, ainda ensinavam alguma coisa sobre História Mundial! É ou não é perfeito?
...
Ingratos! a Mattel que me descubra!!! E eu hei-de ter caziliões de Action Man's, e não vou dar unzinho sequer a nenhum de vocês! Ingratos...

1 comentário:

Ribossoma disse...

drogas... é a tua única salvação, se te meteres nisso, és capaz de ser uma pessoa normal!