quinta-feira, 4 de janeiro de 2007

Pleiades

Não são lindas?


Foi dos gregos que herdámos o seu nome, oriundo da palavra grega "pleios", que significa "pleno", "cheio" ou "muitos". Também pode estar associado à palavra grega "plei", que significa "navegar". Na mitologia grega, as Plêiades eram as sete filhas de Atlas e Plêione (uma explicação mais óbvia para o nome das Plêiades refere-se precisamente ao nome da mãe que, tal como Atlas, também está representada no aglomerado). O episódio da sua inclusão entre as constelações presta-se a variadas versões (o que aliás é comum), pelo que aqui serão apenas referidas duas: desgostosas com o castigo infligido ao seu pai, que teria de suportar sobre os ombros o peso do Mundo, teriam sido enviadas por Zeus para o céu, de modo a que a sua dor fosse aliviada; segundo outra versão, Zeus tê-las-ia colocado no céu de modo a salvá-las da perseguição do caçador Orionte.
A popularidade das Plêiades é tal que vai desde a Bíblia, em que é referida três vezes, até à indústria automóvel: Subaru, que serve de nome a uma marca de automóveis (passe a publicidade), não é mais do que o nome japonês do asterismo.



3 comentários:

sHot disse...

são lindas mm! mas já paravas de mudar o nome ao blog! xD

bila disse...

LOL não seja implicativa! :P

e para além do mais, isto 'tá muito melhor assim ;)

bila disse...

Ah! e assim tenho a certeza de que vens (vêm ?) cá todos os dias ver como isto está >)