terça-feira, 20 de maio de 2008

Questão audaz e pertinente

Porque é que os papelões (os dos ecopontos, e não papéis grandes), particularmente a boca dos papelões, está(ão) sempre toda(os) peganhenta(os) e pegajosa(os) e imunda(os)? Se o que lá se atira para dentro é papel e cartão, se o papel e o cartão não são particularmente porcos, na verdadeira asserção da palavra, porque é que os ditos cujos estão todos nojentos, pior do que os caixotinhos de rua, para os quais se atiram coisas verdadeiramente porcalhotas?
Será que o papel e o cartão, quando se dão conta de que são lixo, se transformam e começam a decompor-se em gosma viscosa e mal-cheirosa?
Faz-me espéce isto...

2 comentários:

skywithdiamonds disse...

..na volta o recipiente do lixo organico esta limpinho.... :|

who's yo' mama?! disse...

pois 'tá! porque os lixeiros sabem que aquilo é sujo, e limpam, e negligenciam os papelões, onde o papel e o cartão se insurgem, e aporcalham indecentemente a coisa...