sábado, 3 de janeiro de 2009

Perle

Acabei de descobrir (e vejam bem as horas, e imaginem o efeito que isto teve em mim!) algo que vai mudar o modo como sentimos toda e qualquer canção festivaleira, já para não falar no novo olhar sobre as bandas de expressão não inglesa.
Primeiro, toda a potencialidade duma "Amor d'Água Fresca" na Língua de Shakespeare; agora (e preparem-se), uma "Waterloo" em Francês, cantada pelos próprios ABBA!!! (há também a "Ring Ring" em Espanhol, que teria tido muito mais impacto se me tivesse surjido antes da "Waterloo" (leia-se uaterrlü)...




Duas dedicatórias: uma ao porky, porque foi a pessoa em quem pensei logo para partilhar este achado (e só depois pensei no bem público que seria pô-la aqui no blog...); e uma especial ao Nobita, porque é dos poucos que ainda dá valor ao Eurofestival; porque é a "Waterloo", "a canção mais festivaleira de todos os tempos"; e porque esta está em Francês, e hão-de saber muitos de vós, a aptidão para a Língua que de tempos a tempos vai brotando de certas alminhas...

P.S.: o título é "pérola" em Francês... Não desfazendo da vossa compreensão para a dita Língua...

5 comentários:

who's yo' mama?! disse...

E há uma "Honey Honey" em Sueco!!!

Tenho que parar, que ainda se me arrebatam os sentidos, se me extemporâneam os humores, e fico eu pr'áqui K.O. sem ninguém dar nada por mim...

Arcebispo de Cantuária disse...

Calma! calma, ... Raquel?, que há mais quem saiba apreciar essa Instituição que é o Eurofestival da Canção.
E para o provar, a minha escolha para melhor música de sempre:
http://www.youtube.com/watch?v=oKanpKMeLfQ

who's yo' mama?! disse...

Esse foi o ano da Anabela!!! Depois d' "A Cidade (até ser dia)" não liguei a mais música nenhuma... (via-me a braços com uma luta desigual entre a minha sanidade e a palermice dum primo meu... (é mais uma história boa para um dia destes vos contar, e que ainda hoje me assalta vezes sem conta), já para não falar no abanamento causado pela descoberta deste monstro da música, teatro e musicais, quiçá musa do La Feria, a própria da Anabela!).
Não conhecia essa Croata, confesso. Um facto, que me custa muito a confessar, é que não conheço muitas músicas Eurofestivaleiras. Tirando aquelas que toda a gente sabe e que realmente ficaram para a História, sou uma ignorante. Mas acho que já para lá fomos bem servidos, com uma "Playback" ou uma "Desfolhada" ou até, e porque não, "Um Grande Amor"... E gostei muito da da Vânia Fernades...

Arcebispo de Cantuária disse...

Então mais uma: a melhor música portuguesa de sempre. Esta versão não é a do festival, mas é absolutamente igual. Não ganhou, não me lembro do ano, nem de quem ganhou, mas esta musica veio a estar posteriormente numa colectânea da melhor musica portuguesa dos anos 80 (junto ao rock!)
Ana e Suas Irmãs, Nono andar
http://www.youtube.com/watch?v=h5glwmdO0x4

who's yo' mama?! disse...

Gostei da letra. Dispensava-lhe tanta "classicidade" à música. E não sei se por causa da "Sexto Andar", mas gostava duma versão deste "Nono Andar" pela Manuela Azevedo :)