quinta-feira, 21 de julho de 2011

Mais um anjo feito demónio

Não sei se já leram, se estão a ler, se pensam um dia ler o "Anjo Branco". Creio, no entanto, não estragar a estória a ninguém que caiba nos últimos dois critérios (principalmente no último), ao dizer que o livro tem um capítulo dedicado quase em exclusivo ao portentoso apparatus do paizinho de José Rodrigues dos Santos.

Desengane-se quem já leu o autor (ou que, por defeito, pense assim), que é um capítulo erótico-quase-a-roçar-a-badalhoquice-isto-será-mesmo-permitido-?. Não é. Ao contrário de em "A Filha do Capitão" e "A Fórmula de Deus" (os que eu já li, não sei se há em mais), cujos trechos erótico-quase-a-roçar-a-badalhoquice-isto-será-mesmo-permitido-? até a mim, que já pouco me choca, me fizeram ruborizar a face, este é um capítulo deliciosamente (do outro lado do espectro) escrito e bem-humorado.

Ainda bem, ainda bem!, que estive frente-a-frente com o homem antes de saber deste facto, porque se já assim fiquei embasbacada e de queixo caído, que teve que ser a senhora minha mãe a dizer "Raquel" quando ele me perguntou como me chamava para me dedicar um autógrafo, se eu soubesse o que sei hoje acerca do senhor seu pai e das leis da hereditariedade, escrevia-vos duma cela de prisão com uma matulona deitada a meu lado a fazer-me festinhas nas costas, por ter tentado raptar o homem enquanto lhe gritava "who's yo' mama?!, who's yo' mama?!"

7 comentários:

Ana FVP disse...

Chorei a rir a ler o teu post!

Não estava a pensar ler o livro, mas fiquei curiosa.

who's yo' mama?! disse...

Ana FVP, fizeste-me o dia, muito obrigada!

Até agora, o livro não me está a deliciar. Como disse, já li outros dois e "A Filha do Capitão" encheu-me as medidas. É muito muito bom. Mas o "Anjo Branco", também ainda tem muito para dar, já que ainda vou no princípio.

E o capítulo em causa, é logo o primeiro. Passa numa livraria e faz-te de interessada no livro e lê-o ;) Está, de facto, delicioso!

Ribossoma disse...

Quanto ao teu post: ROTFL! Ganha juízo menina...
Eu já li o livro... E sendo eu homem... Acho que há outros capítulos mais "interessantes" 8-)

who's yo' mama?! disse...

Ribossoma: Está visto que livro do Zézito não passa sem erótico-quase-a-roçar-a-badalhoquice-isto-será-mesmo-permitido-?'ice...

Pusinko disse...

Experimenta ler Fúria Divina.
Secção erótico-quase-a-roçar-a-badalhoquice-isto-será-mesmo-permitido-? é num nível muito diferente. Nulo vá.
Mas gostei do Livro.
Li o Codex632, o Sétimo selo e a Fórmula de Deus. nenhum demorou mais de 2 das porque são viciantes para quem não tem sono e dorme pouco.
Não li a Filha do Capitão. Se calhar devia :)
Agora esse anjinho papudo não sei não...

who's yo' mama?! disse...

Pusinko: Quero muito ler "A Vida Num Sopro", "Ilha das Trevas" e o "Codex 632" que, aliás, é o que tenho autografado. Mas, a bem dizer, também acho as leituras do Zézito viciantes e não me importava de as ler a todas!

Gostei dessa do "não há badalhoquice, mas gostei do livro na mesma" xD

Pusinko disse...

Livros com badalhoquice podem ter muito encanto...
Os livros do Zézinho das orelhitas, com ou sem badalhoquice do Sr. Tomás e belas estrangeiras são muito bons e eu vou ler mais depois do Verao. Agora nao posso passar noites a ler sem trabalhar no dia seguinte... que aquilo é um vício.