segunda-feira, 4 de julho de 2011

"Mas afinal, nós somos médicos ou somos biólogos?" (*)

Duas horas de cama, uma de sono efectivo. Uma hiperactividade como só uma hora de sono pode proporcionar -incompreensível, portanto-, tira-me da cama, trata de mim, serve-me o pequeno-almoço, veste-me e ainda dá uma vista de olhos àquele mal-fadado esquema que não há meio de entrar no entendimento. Leva-me à estação, compra-me o bilhete -espero que tenha conferido o troco-, e enquanto me sento à espera do comboio, desassossega-se em pressas desnecessárias e incompatíveis com os horários da CP: "e o comboio não vem?", "por acaso ainda é cedo". "E está a chegar tanta gente!", "de pé não vou, nem que tenha que entrar de cotovelos em riste, a distribuir bordoadas a torto e a direito!", "lá p'ó c@ralho com as máquinas de validação e a obrigatoriedade de o fazer de cada vez que se entra no comboio!", "ainda não chegou? A senhora com voz robótica já o anunciou!", "vamos então, vamos, vamos!", "tanta gente, pá! E palha no ninho, ninguém tem, ninguém quer?". Alapou-se muito quietinha no primeiro banco que viu, e foi sossegada o caminho todo enquanto, contrariamente ao meu costume, eu ia passando os olhos por aquele mal-fadado esquema que não há meio de entrar no entendimento, só para ver se a cola de estudante é mesmo boa.

Chegada à faculdade, espevita-se logo toda, atiro-lhe com chiclets para ver se se acalma, "não aparece Prof. nenhum? Queres ver que vai ser como daquela vez em que alguém vai ter que os ir arrancar ao bar? Ai, o exame era agora? Não, nós só viemos para a faculdade porque o Magalhães Lemos só abre às 10h..."
Entre considerações sem despropósito mas com muito desprimor, lá chega a Prof., *chok chok chok* a porta não abre, *chok chok chok* se calhar a chave não é esta, *chok chok chok* enquanto alguém lhe pergunta se quer ajuda a abrir a porta, eu travo a minha incoerência matinal de perguntar se ela quer que segure nos exames, que vai-não-vai ainda é isso que não está a contribuir para o sucesso daquela empreitada, chama o outro Prof., vai pelo outro lado, por dentro também não abre, "ora se calhar então entramos todos por ali", siga todos para ali, tudo sentado, exame à frente, *zau zau zau*, Raquel aniquila pergunta atrás de pergunta e BAM! um crânio e 15, QUINZE estruturas a nomear.

Sabe o que lhe digo Professor Doutor, a ver pelo meu, só há duas estruturas: um grande melão e um corno que me está a nascer no meio da testa típico, aliás, dos meus 15 anos "que crescida que ela está!"

Isto é só estrebuchismo a pedir atenção, que das 15 sabia para cima de metade, para as que não sabia arranjei nomes muito lindos, e a duas delas chamei o mesmo porque assim é garantido que uma esteja certa.

Pior mesmo, foram a omoplata, o fémur e a vértebra (desgraçada esta que quase não lhe chegava o tamanho reduzidérrimo que tem, para tantos números e nomes), que é por estas e por outras que eu vou querer doar o meu corpo à Ciência quando a Ciência de mim deixar de fazer parte, para a minha anatomia desgraçar mais uns quantos, que isto não fica assim! Ninguém se fica a rir de mim.

Só por cima do meu cadáver!

(*)Havia um jovem que dizia esta frase, não sei muito bem porquê nem em que contexto, mas é uma frase que transpira este post a cada sílaba, encaixa aqui como já vi luvas a não encaixar tão bem em mãos! E ele não é do tempo da Física dos Processos Biológicos, em que tudo o que é articulação (e oh!, que nós articulamos tudo e mais alguma coisa!) tinha que estar sabido!

45 comentários:

Pusinko disse...

E qual delas estudas tu?

who's yo' mama?! disse...

Percebemos muito de anatomia, mas somos biólogos. E nem estou a falar dos convívios e do saudoso (não!) Bar de Química!

Somos o sustento da Medicina, a bem dizer!

E também não sei porque estou a falar na 1ª. pessoa do plural, porque na verdade sou a única aqui...

Pusinko disse...

Lolol
MAs porque tens tanta anatomia?
Não sabia que a biologia ia tanto por aí :x

who's yo' mama?! disse...

Oh mulher, agora não vai! Dizem sempre que "é a química, é a química", mas vai-se a ver no momento da verdade, e escarrapacha-se-lhes a biologia toda!

Na cadeira do exame de hoje, é porque é "Biologia Humana", onde se fala muito de Primatologia e evolução do homem. E a anatomia teve muito peso nisso.
Em "Física dos Processos Biológicos", porque o nome da cadeira diz tudo (desde articulações a músculos e tendões).
E ainda, numa espectacularidade tremendamente irónica, "Anatomia Vegetal"!

Não é muita anatomia. É mais uma fisiologia aplicada à morfologia, vá. Mas ficamos muito bem elucidados.

E está-me a querer parecer que te estás a apaixonar perdidamente por Biologia da FCUP! :P

Pusinko disse...

A biologia já me despertou paixoes suficientes (ou nao), e nao na FCUP...
Estás no fim do curso? Ainda se fazem estágios ou anda tudo ligado para mestrado e o estágio passa a ser a parte prática do curso? Eu saí antes de Bolonha. E memso que nao fosse, ia apanhar a transicao e seguir o modelo antigo.

Se nao é muita anatomia, entao está bem. Ainda assim, fisiologia é uma cena que só de nome se reconhece complexidade que chegue.

Eu apaixonar-me por Biologia da FCUP? Hmmmmm psshhhh náaa. MAs gosto de biologia, gosto gosto. :o)

who's yo' mama?! disse...

Fazem-se estágios, sim. Na FCUP, pelo menos, mas creio ser prática geral.

Eu entrei antes de Bolonha, e depois a meio mudou e foi uma salgalhada tremenda!
A correr bem, acabo para o ano.

Eu gosto muito de Fisiologia. Anatomia (assim soft como a que temos) também. Acho que é coisa que vem inerente à minha curiosidade natural :)

E, já agora, e porque me sinto ser a única a despir no meio de nós, -se me permitires-, qual é a tua área? A responder, não digas "Ciência", porque é a mesma coisa que tirar os sapatos no strip poker! (Está escrito no teu profile ;) )

Pusinko disse...

Não é coisa que tenho disponível no blog poruqe não costumo falar disso. Mais pela privacidade e pela piada. Como a cidade onde moro que se chama Capital (e das boas), mesmo que isso irrite algumas pessoas mais curiosas

Mas se acertares eu confirmo. Que tal?
Tento manter todo esse lado à parte, assim como detalhes da minha vida privada, pelo gozo de usar expressões que digam entre nada e coisa nenhuma sobre mim, mas mantenham o sentido do que pretendo falar num post ou outro :)

Ou tentas adivinhar ou fazemos um quizz ahah

Se calhar mais logo apareço aqui e escrevo 1 linha com a resposta. São quase 4 da manhã e não consigo dormir. Liguei o piloto automático para o nível estúpido e vou manter-me assim até logo à tarde :)

Ribossoma disse...

Uh uh! Eu adoro este tipo de jogos!

Ora, +2h do que em Portugal. Eu arriscaria dizer que estás dentro da Europa.

O meu segundo juízo é de que, quando as pessoas se põe com esta mística toda, geralmente a actividade em questão não é totalmente legal!
Dado que falas que andas nas áreas das "ciências"...

A minha primeira tentativa de adivinhação é de que:

Andas no negócio de tráfego de orgãos num país de leste! :D

who's yo' mama?! disse...

Pusinko: Compreendo, aceito e respeito. E por isso é que inseri um "se me permites", porque não tenho nada que saber. Só perguntei porque perguntaste, e uma coisa leva à outra, e curiosinha também sou que chegue! ;)

Quanto à capital, tenho o meu palpite. Em relação à área, cada vez mais.

Tentar adivinhar ou ir pelo quizz, depende de quantas tentativas tiver! :P Mas não sou mulher de virar a cara a um desafio ;)

who's yo' mama?! disse...

Ribossoma: Parvalhão! xD

E aprende a fazer contas: se no formulário diz "02:57", é porque são quase 3h, e se ela diz "quase 4h" é porque é só uma hora a mais! ;)

E deixe de se meter na conversa dos outros! Cusco...

Ribossoma disse...

GRANDA LATA! :O

para ti:

"tu és mauuu"

who's yo' mama?! disse...

Ribossoma, o que tu queres, sei eu, mas não digo aqui porque isto é um blog sério.

Pusinko disse...

Um blog sério?
Ahhhh
Peço desculpa então. Eu venho cá para comentar e aparvalhar, normalmente :p

E depois:

permito sim. Gosto é de jogar com isso no meu blog. Especialmente porque muito pouca gente lá me conhece pessoalmente.

Da cidade não é muito difícil porque ou está algures escrita num post mais antigo, ou tem referências várias. Mas eu gosto de a chamar Capital (e das boas). Portanto podes arriscar que eu confirmo na hora. Prometido.

Em relação à área podes chutar o que te pareça. Também confirmo sem problemas. Só não vás escarrapachar (adoro este verbo) isso nos comentários no Pusinko porque eu sou parva para não publicar. Se bem que houve um anónimo que foi pra lá mandar bitaites como se me conehcesse e não assinou sequer. Eu até acho que me conhece, tendo em conta o que lá escreveu :)

Portanto, a partir de 1, 2 e já!!!!


Ao Ribossoma: Sim, de Leste, onde mais? órgãos, claro, dos de tubos. Pianos e contrabaixos. Tudo material de 1a categoria :)

convidado a participar na brincadeira se a autora assim o permitir :p

Beijinhos

who's yo' mama?! disse...

Pusinko, mulher, não dês corda ao Ribossoma!

Mas isto é um blog sério mesmo! Só depende é da perspectiva. Eu, por exemplo, tenho uns óculos que pautam tudo duma seriedade desconcertante! Até eu pareço uma menina séria e bem-comportada!

Quanto à cidade, acho que nunca lhe vi o nome escrito, mas fui juntando pecinhas. Se já fossem horas das crianças estarem todas a dormir, fazia um trocadilho à conta dum bolo, mas sendo assim, debito só um "Berlim", e a ver no que dá!

A área, parece mesmo mesmo Biologia, mas tenho prós e contras a confirmá-lo e a desmenti-lo na minha cabeça.

E é óbvio que o teu segredo está bem guardado aqui. Seria incapaz de usar esta informação de ânimo leve. Só mesmo para chantagear e ganhar pipas de massa, de resto, sempre muito honestinha ;) (podes estar descansada! Nunca tal me passaria pela cabeça)

Sabes que o que eu cheguei a "temer", foi que tu fosses alguém que me conhece e que se estava a meter comigo. Assim, a puxar a cordinha a ver até onde ela aguentava...

Pusinko disse...

Ora bem, estamos bem encaminhadas :)

A cidade, é como disse, fácil, por várias notas dispersas e observações que vou postando. E é essa louca-maravilhosa e filha do demo de localização geográfica que referiste. A ver se o meu ultimo post não confirma a minha neura do momento...

Da área, estou curiosa sobre o que tens de prós e contras. Porque tanto prós como contras fazem sentido no meu caso. Sou um ser vivo complexo. Diz-me oq ue te leva a pensar que sim e nao. E, no segundo caso, se tens outras sugestões na manga... ah não tens mangas, porque aí está calor. Pode ser na alcinha do top, então. Eu vou ali buscar um casaquinho de malha e já volto pra te ler.

Não te conheço, de facto, mas tenho para mim que me ia divertir muito se te conhecesse, porque temos modos semelhantes para expressar e aparvalhar. Só aí, está ganho.
Não sei que idade tens, mas arriscaria uns 23. Na volta até tens menos. Mas só aí ficamos a uns anos de distância e km também porque eu não estudei na FCUP. Aliás, na UP, só fui à FEUP pra mandar um ex de uma grande amiga minha pró _aralho, mas ele não estava e deixei o recado aos amigos dele.
A modos que é muito difícil a gente se ter encontrado. Mas não é impossível que se venha a encontrar :)

who's yo' mama?! disse...

Tenho mangas sim senhora, embora curtas, e quem me dera também umas meiinhas nos pés que hoje não está calor nenhum!

Ai, que isto vai dar uma coisa tão grande... Ora prós: a curiosidade na minha Biologia; uma vez teres escrito um post acerca dumas unhas roídas dum funcionário de um sítio qualquer e referiste que te custa muito vê-lo ainda que na tua área de trabalho vejas coisas (não sei se foi este o termo) nojentinhas q.b. (e eu sei bem o quão badalhoca pode ser biologia e nem estou, sequer, a ir por aí!); volta e meia também usas uns termos bastante científico-acessíveis-mas-não-obstante-que-acendem-a-luz-de-alerta-a-quem-com-eles-mais-convive-por-força-das-circunstâncias; e de momento, creio ser tudo. Nos contras tenho a quase afirmação de que não és bióloga quando disseste (ali em cima) que não sabias que a Biologia "ia por aí" (fica complicado ter tirado um curso e não saber por onde se andou); e quase toda esta conversa, que grita mais "não sou bióloga" do que o inverso.
A não ser Biologia, pensei em Medicina, mas depois também falaste ali na Fisiologia com ar de desconhecimento e trocaste-me as voltas! Agora estou perdida e não tarda começo a chorar pela mãe a menos que me ajudes! :P

Agradeço o elogio e permite-me ricocheteá-lo que é palavra para não existir, mas eu quero usá-la. Tens muita mais pinta no "expressar e aparvalhar" e tenho para mim que ganhava mais eu em te conhecer. Estamos combinadas para o S.Pedro de 2012, logo se vê :P

Quanto à idade, é esse mesmo o valor com que tento enganar toda a gente, já tendo até uma taxa razoável de sucesso. Mas é uma mentira muito grande. Estou mais perto dos teus 28 do que dos 23 que me sinto ter.
Quanto ao local de estudo, se é certo que não coincide, não é menos falso que somos miúdas para não morarmos assim tão longe uma da outra, quer-me a minha intuição dizer!
Em relação à FEUP, o _aralho é para onde todos os de lá merecem ir, eles sabem-no, mas é escusado frisá-lo, porque são teimosos como mulas (sem desprimor para estas últimas) porque nunca vão.

Pusinko disse...

Esta frase foi acrescentada no fim para avisar do tamanho da coisa. E que o próximo será curto e eficaz. Mas este não. muahaahha

Unhas roídas até ao sabugo dá-me nojo no banqueiro porque os bichos das maos e da boca andam misturados numa alegre viagem low cost entre uma e outra... era mais ou menos isto.
Bichos não é um termo muito científico para descrever micróbios, mas eu sei que, em certos momentos, até uso esses termos científicoacessíveis-mas-não-obstante-blabla.

Esta conversa é um bocado confusa e eu gosto é de confusão xD
Fisiologia é um tema complexo e não é mentira nenhuma. Só fiz uma observação.
MEdicina pshhh náaa.

Nós não moramos nada longe porque eu festejei muitos sãos Joões que é um santo fixe qe nunca me desilude como o Pedro. E sou gaja de ir à festa dele à Póvoa com muita pinta.
E sim, acho que ia ser muito divertido! Até antes, aviso-te se por lá passar. Sempre pode haver uma missinha em devoção do guardião do Céu e podemos ir as duas, que suspirar por meias em Julho também não faz ninguém feliz.

Idade não fazia ideia. A minha idade mental não roça nem de longe os 28.

FEUP: tive amigos lá. Conheci outros que mereciam ser arrastados em praça pública com a cabeça mergulhada em água a cada 5 segundos durante 2h. Como esse moço a quem fui "visitar" com muita vontade mandar pró _aralho. Ah que não era nada comigo. Ele que em aparecesse lá que eu lhe dizia com quem é que era. Que amigas infelizes eu que as aturasse. É que se ele valesse alguma coisa... assim só queria mandá.lo a 1 sítio feio e, com corte dar-lhe 2 lamparinas de punho fechado que é uma versão alternativa de dar mimo a alguém.

Deixa-me lançar um bocadinho mais de areia pra os olhos:
Sei o que é um PCR. Mas só fiz um em toda a vida. E com ajuda.
Estudei também cenas como a evolução dos primatas, sei algo de plantas e a sua nomenclatura, gosto de micropipetas e mal as vejo, mas aprendi a trabalhar com elas e até as uso hoje em dia. Cabos eléctricos pois que sim, mas é agora. Bicologia microbiana já me disse muito no passado e até queria e cenas que tal. Depois ganhei juizo. Calcular primers é coisa muito pior que jogar sudoku nível avançadíssimo, ou sou eu que não curto isso. Cortar e coser gosto, e não é em casaca alheia.
Tinha muitos sonhos lindos aos 18 anos. Entrei no curso que queria e, no meu boletim nunca esteve uma faculdade de medicina.
Hoje em dia continuo a ter sonhos.

O que digo que parece contraditório tem a ver com a minha actividade actual.

Pusinko disse...

Ahhh sei o que são os blots todos, com os pontos cardeais para as proteínas.
Sei o que são KDa.
Fiz o meu curso até ao fim. Não deixei a meio.

Trabalho numa área possível da que estudei. E tens bom faro.

Ribossoma disse...

Isto não é um blog sério! Ponto!

E esta conversa é de doidos...

Pusinko disse...

Ribossoma, essa observacao é interessante.
Sendo plural masculino, presumo que o caríssimo se inclua no lote de doidice. Simpático da sua parte.

O objectivo é que a autora do blog deslinde o que faco como ganha broa, ou o que estudei, e onde me situo a fim de obter esse mesmo ganha pao.
A minha funcao é atirar areia para os olhos e fazer de conta que nao é comigo, apesar da menina estar num excelente caminho, só quero saber os prós e os contras para a resposta que ela deu ali em cima.
Portanto encher chouricos é o que temos vindo a fazer neste post e com uma taxa de sucesso significativa.

Um efeito secundário notável é a caixa de comentários a passar de 20 sem nenhuma informacao que se aproveite :)

Ribossoma disse...

Um dos objectivos já está desvendado! A localização. ^^
Eu já tenho o meu palpite! Vou esperar pelo desenrolar da história para ver se acerto ou não...

Vigésimo primeiro post! YEAH! \m/

Pusinko disse...

Vigésimo segundo sem nada de relevante, assim como quem nao quer.

Pusinko disse...

A localizacao e quase tudo...
O que me deixou curiosa foi o que leva a Mama a entender que eu sou de Biologia e a ficar confusa ao mesmo tempo.
Que deve haver poucos biólogos a referirem-se às E. colis como bichos maus do cocó, insectos sao micróbios gigantes e muitas denominacoes giras, estou ciente.
E é assim que me expresso, dado o meu blog viver de parvoice na sua esmagadora maioria. E vive por mim e para 2 ou 3 pessoas que lá vao.

pode vir daí o palpite, tendo em conta que nao fiz ainda nenhuma observacao ao da Mama. Nem confirmei nem desmenti. So me apetece dar água sem caneco nos intervalos do trabalho pra lá de chatinho dos últimos dias e perceber se estou bem encaminhada a semear o caos e posso partir para voos mais altos :)

Ribossoma disse...

Para já vim só publicar o vigésimo quarto post!

O palpite, vejo óspois!

who's yo' mama?! disse...

Ai! Valha-me o senhor que a ceguinha de S.Bento disse que me desse saúdinha! Que tanto comentário nem quando perguntei se queriam strip masculino na barraca na Queima! Ou não foi isso que perguntei, mas foi parecido.

Acho bem que avises quando por cá andares (não no blog, no país), mas livra-te de me levares a uma missa, sob pena de toda uma religião colapsar! Não queiras esse peso na consciência.
Quanto ao frio, eu também preferia suspirar por outros calores que não os de umas meias, mas é para o que tem dado, do mal o menos, que há quem nem isso.

Idade, ninguém faz ideia, e já causei muitas síncopes e ataques de igual gravidade quando confesso a data inscrita no Cartão do Cidadão.

Admito também que conhecia uma vez um menino muito... simpático... da FEUP, mas quis ele que a minha inaptidão para a Estatística fosse um entrave para um laurear da pevide comum. E se até esse que era... simpático... deu em ranhoso, lixo com eles.

Um PCR ou uma PCR?

No final do 1º. deste rol de comentário, a ideia com que fico anda em campos tão díspares como a Enfermagem e a Biologia Aplicada.

--

Os blots, não podiam ter uma história de vida mais caricata, mas valha-nos quem se lembra de aparvalhar com estas coisas, que dão umas mnemónicas bem catitas e nunca mais se esquece! E a Ciência precisa de mais cor, que é sempre demasiado séria.

Os kDa só são suplantados pelos cM (centimorgans), que eu gosto de gente que fica com o nome ligado a unidades e não a protocolos chatos e organelos e afins.

--

E por falar em organelos, Ribossoma: é de doidos é de doidos, mas estás cá batidinho!

--

E eu sou a primeira a não chamar as coisas pelos nomes! Lembro-me muito bem do exame de Elementos de Geologia no 1º. ano, de ter nomeado "pedra", "calhau" e "godo" quando devia ter posto nomes pomposos que não interessam a ninguém!

Depois deste comentário que comento agora (só para tornar tudo AINDA mais confuso), acho MESMO que é Biologia Aplicada.

E eu fico confusa por bem menos, é coisa que com o tempo toda a gente que comigo convive, dá conta! E se aproveita, aliás... Lá chegarás ;) Ao primeiro ponto, claro...

Pusinko disse...

Well done menina. :)

E aplicada a quê?
Esse curso é da UM que eu sei.

who's yo' mama?! disse...

YES! Não caibo em mim de felicidade, quero dedicar esta vitória a todos os que sempre acreditaram em mim, que sempre me incentivaram, e em especial ao menino que, por telefone, me ajudou a configurar o router!

Aplicada a "aparatos chupadores", certamente! :P

Pusinko disse...

Ah nunca te disse. Gosto muito desta mensagem de boas vindas nos comentários.
xD

Pusinko disse...

Still, a pergunta: aplicada a quê?
Porque eu sei que esse curso, de facto, existe na universidade do Minho.

e, para que saibas, sou um ser que gosta de dizer coisas como "Já fiz UM PCR na vida"
Os géneros nem sempre são fundamentais. Imagina pessoas como as nascidas e criadas em latitudes germânicas que possuem aquele género neutro e o aplicam a palavras como "menina"... enfim

who's yo' mama?! disse...

Ah! Muito obrigada! Pois fica sabendo que a tua foi a que mais me encheu as medidas! Tem muita pinta, e eu só não modero os comentários porque não fui capaz de arranjar uma frase com nível ;)

Mas então agora estão explicadas as tuas visitas: filantropia! :P

who's yo' mama?! disse...

Mas eu disse "aplicada a aparatos chupadores"! Só lês o que te interessa! ;)

E dizer "já fiz um PCR" tem impacto. Soa a algo que combina perigosidade e pecado. Eu só perguntei porque como estava na dúvida com Enfermagem, "uma" PCR é uma Paragem Cardio-Respiratória. E o género fazia toda a diferença ;)

Pusinko disse...

Lol, já alguém apareceu no meu blog a perguntar se a podia levar para moderar os seus comentários :)

Foi inspirada numa frase so Bruno nogueira a respeito de nossa Senhora de Fátima.

Ahh, vou no Natal. Antes não em parece porque ando ocupada com assuntos.
E, a correr bem até vou à Póvoa ver o mar e podemos beber 1 sumo de maracujá ou uma shot de vodka, dependendo do frio que estiver.

Pusinko disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Pusinko disse...

Eu percebi, e bem sei que achaste interessante a expressão "aparatos chupadores", que é, de facto, dotada de alguma comicidade, especialmente fora de contexto.

Só perguntei porque não conheço mais cursos com esse nome, e que me conste esse é da Universidade do Minho. Entre outras opções, o porquê dessa.

E assim,havemos de chegar aos 35 comentários neste post e torná-lo o mais comentado por cá :p

who's yo' mama?! disse...

E o Bruno Nogueira merece sempre ser parafraseado! Amen.

No Natal é bom. Frio, vento cortante, maresia, salpicos do mar e piche na areia... E suminho de oi? Suminho? Juízo, menina, que isso tem açucar e faz um mal que não fazes ideia! ;)

who's yo' mama?! disse...

OK, fui investigar, e "Biologia Aplicada" existe na UM e no Politécnico de Castelo Branco desde 2010, que conveniente!

E já me perdi outra vez... A dúvida está no eu ter dito "Biol. Aplicada": a)porque é; b)porque não é; ou c)porque falta outro adjectivo?

Pusinko disse...

Eu saí em 2006. E já tinha estado fora a mior parte do ano de 2005 :)
Esse curso albicastrense não se me serve.

A questão mantém-se. Porque em tanta escolha você foi escolher esse curso.

curiosidade parva, mas curiosidade

Pusinko disse...

Menina, também falei em vodka... pura, polaca de preferência.
O sumo foi uma piadinha. Sumo é pra abstémios. E, por estes comentários se vê que nenhuma de nós, nem o Ribossoma sofrem disso.

who's yo' mama?! disse...

OK, ou é da hora, ou o Tico e o Teco já *puff* foi-se...

Vamos por tópicos que funciono melhor assim:

-é Biol. Aplicada, certoo?

-estudaste na UM, certo?

-eu achei que era biol. aplicada por todos os prós que disse quando pensei que pudesse ser biologia per se, e por todos os contras também e que não o deixavam ser. E depois falaste em PCR e blots e micropipetas e em microbiologia e a campainha tocou no "aplicada".

E não nos estamos a entender, ou tu estás a fazer abdominais de tanto rir por me veres à nora, e aproveitas para prolongar o momento? :P

who's yo' mama?! disse...

Vodka é bom, sim, mas é preciso eu já ter o paladar um tanto ao quanto adormecido... O que é raro acontecer, raríssimo, pfff!

E não sofremos de quê? Sobriedade? Não. Quanto mais balanceados pelo disparate, melhor! ;)

Pusinko disse...

Sim, "certaste". O 1o Martini é por conta da casa, fica já prometido. E o segundo, por ser Natal :p

Quanto a Vodkas, esta a que em refiro é boa pura porque tem paladar devido à erva que á flutua: http://en.wikipedia.org/wiki/%C5%BBubr%C3%B3wka

Só esta entra assim num copinho mini directa para a pipa. Felicidade e alegria na hora!

who's yo' mama?! disse...

Se dá felicidade e alegria na hora, e hip's e um urra para a Żubrówka, que eu sou uma cachopa muito deprimida e preciso de incentivos do género. Ou não, mas é isto ou dizer que são ordens médicas.

Se "por conta da casa" quer dizer "este estaminé", OK, é justo; se quer dizer "Pusinko", ainda mais justo e mais 3 hip's e mais um urra; se quer dizer "servem-nos, bebemos e fugimos como se conseguíssemos correr enquanto nos rimos", perfeito, que eu já tenho um livrinho cheio de vergonhas, bem posso arranjar mais umas quantas! ;)

Pusinko disse...

Quer dizer Pusinko, depois deste esforço todo e de passar a barreira psicológica de 40 comentários, eu financio 2 rodadas de Martini, que a vodka só se a trouxer daqui, ofertada pela minha grande amiga Jo que entende do assunto e me traz quando visita a família xD

Cachopa é outro vocábulo engraçado. Se te lembrares de mais, escreve. Ando numa recolha que começou há uns tempos e se prolonga para sempre :) Uma Pusinkopédia de regionalismos, palavrões muito feios e sinónimos de palavras andadeiras, das que toda a gente usa e faz de conta que não há mais de 100000 no dicionário

who's yo' mama?! disse...

Eheh, perfeito! Até levo uma garrafa de Martini inteirinha, se poder provar essa tão famigerada vodka! :D

Escreverei, sim. Tenho dias férteis no que toca a esses vocábulos. Farei questão de ajudar nessa tua demanda! ;)

who's yo' mama?! disse...

E quem diz "poder" diz "puder", e isto não é só para atafulhar mais um comentário, é mesmo porque me irrita dar calinadas!